sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Shutter Island, de Martin Scorsese



O ano é 1954, o US Marshal Teddy Daniels (Leonardo DiCaprio) é um homem atormentado pela experiência vivida na II Guerra Mundial, mais propriamente no campo de concentração de Bachau e pela morte recente da sua esposa. Ele e o seu novo parceiro Chuck Aule (Mark Ruffalo) dirigem-se de ferry para o hospital psiquiátrico, para criminosos com perturbações mentais situado numa ilha perto da costa de Boston, Shutter Island. O objectivo é investigar o desaparecimento de Rachel Solano, uma paciente/prisioneira que afogou os 3 filhos. Ela desapareceu da sua cela deixando apenas um pequeno papel com uma pergunta indecifrável.
Os médicos, funcionários e enfermeira(o)s da instituição não parecem muito empenhados em cooperar com a investigação e há algo de particularmente misterioso em Dr. Cawley (Ben Kingsley), o director do hospital. Com um furacão a aproximar-se, rodeados por um ambiente psicótico e pacientes perigosos, ambos percebem que as suas vidas podem estar em risco e que podem não conseguir sair vivos daquela ilha maldita.


A partir do livro "Paciente 67" de Dennis Lehane (Mystic River; Gone Baby Gone), Martin Scorsese transporta-nos para uma das épocas douradas do cinema, com referências evidentes - logo no inicio notamos isso - a grandes clássicos da série B desse época (Leonardo DiCaprio teve de ver Out of the Past, de Jacques Tourneur) e constrói um pesadelo claustrofóbico onde nada é o que parece ser e onde não podemos confiar em ninguém.
Mais um grande filme de um dos maiores realizadores vivos, filmado exemplarmente e com detalhes magistrais (a cena da caverna, por ex.) ao longo de toda a sua duração. Se juntarmos a isto uma banda sonora assustadora e um magnifico elenco, temos já em Fevereiro um dos maiores filmes de 2010.


NOTA: 9/10



7 comentários:

Jackie Brown disse...

Estou a dar em doido, TENHO DE VER ISTO!^

Parabéns pelo blogue, convido-te a visitares o meu ;)

Cumprimentos

João Bizarro disse...

O filme é genial e de visionamento obrigatório.

ADEK disse...

Muito bom!:) "Claustrofóbico" parece-me a definição perfeita:)

umadosedecinema disse...

Na minha opinião, está longe de ser um dos melhores trabalhos do Scorsese. Mas É um filme do SCORSESE. Ou seja: Sim, ele é bom! Mas sempre se espera algo mais de um grande diretor. Ele foi espetacular em manter o clima tenso( e aqui vai o meu destaque pra trilha-sonora) por mais de duas horas.

Os Filmes de Frederico Daniel disse...

"Shutter Island": 5*

É um filme obrigatório. Com o seu desenrolar vamos descobrindo tudo e isso é-nos mostrado de uma forma magistral.

Cumprimentos, Frederico Daniel.

João Bizarro disse...

Fiquei com vontade de rever.

Os Filmes de Frederico Daniel disse...

Faça isso :) Talvez reveja este e o "Inception", tenho ambos em DVD :)