quinta-feira, 24 de Julho de 2014

colheita musical de 2014 - #20

Liars - Mess
8/10

Duma coisa os Liars não podem ser acusados: ser repetitivos. Ao longo dos seu 7 álbuns têm alternado entre punk experimental, dance punk, noise-rock ou electrónica e têm aqui o deu disco mais dançável onde misturam todos aquele géneros pelos quais são "acusados".

terça-feira, 22 de Julho de 2014

quarta-feira, 16 de Julho de 2014

Big Bad Wolves, de Aharon Keshales e Navot Papushado

Recomendado por Quentin Tarantino, que o colocou nos melhores filmes de 2013, este filme israelita coloca a vida de três homens numa violenta rota de colisão: Dror, um professor que é o principal suspeito de uma série de assassinatos de crianças; Miki, um duro policia que está convencido da culpabilidade de Dror e Gidi, o pai de uma das vitimas que quer fazer justiça pelas próprias mãos.

Big Bad Wolves é assustadoramente bem feito, funcionando como um thriller mas o argumento também é revestido de humor negro (a fazer lembrar os Coen e o próprio Tarantino) e um interessante conjunto de valores morais.

NOTA: 8/10

terça-feira, 8 de Julho de 2014

Oldboy, de Spike Lee

Por norma sou contra qualquer tipo de remakes de filmes bons, sejam eles antigos ou feitos originalmente noutro país. Mas já se sabe que os americanos, do alto do seu ego têm a mania que sabem e podem fazer melhor. Só que, como em qualquer outro lado, há uns americanos melhores que outros. E o Spike Lee, por muito bom trabalho que já tenha feito, ultimamente tem mostrado que não é um génio como um Scorsese ou os irmãos Coen (para lembrar remakes de filmes bons que deram filmes ainda melhores).
O Oldboy coreano é um filmaço. E ponto final. E por "ponto final" devia ser entendido que era pra não mexer mais. 
Há já algum tempo que o Spike Lee não faz um filme de autor, daqueles que me levou a gostar dele (Do the Right Thing, Jungle Fever, Clockers) e se ele transpusesse a história de Oldboy para o seu mundo, quem sabe se não teria sido bem mais interessante? É pena.

NOTA: 6/10

terça-feira, 1 de Julho de 2014

colheita musical de 2014 - #17

Dead Combo - A Bunch of Meninos

8/10

Depois de Lisboa Mulata, a dupla portuguesa andou a vaguear pelo México, onde conheceram e tocaram com mariachis. O resultado dessa aventura é este disco que é uma salganhada musical onde ouvimos fado, rock, tango, jazz e... mariachi.

sábado, 21 de Junho de 2014

colheita musical de 2014 - #16

Black Lips - Underneath the Rainbow

6/10
7º disco desta banda de garage rock que vem de Atlanta, nos Estados Unidos. O disco tem produção de Patrick Carney dos The Black Keys. É capaz de ser o disco que melhor os define (longe vão os tempos em que eram uns putos rebeldes em palco) e não sendo uma grande banda, mesmo ao nível do som que produzem mas vão-se ouvindo nas horas vagas.

sexta-feira, 20 de Junho de 2014

Fargo (a série)


Tendo como base a história criada por Joel e Ethan Coen em 1996, Noah Hawley cria uma nova história baseada em factos (supostamente - como no filme dos Coen) reais. A ideia que nos é dada é de que esta é que é a história real e o filme dos Coen adaptou-a.
Lester Nygaard (brilhante Martin Freeman) é um cromo que vende seguros. A mulher trata-o abaixo de cão, o irmão mais novo é o menino bonito da família e como se isso não bastasse o fanfarrão que lhe fazia bullying na escola continua a abusar do pobre Lester, quando quer e lhe apetece. É após mais uma humilhação às mãos de Moe Hess que vai parar ao hospital e tem uma conversa com um estranho na sala de espera.

Esse estranho é Lorne Malvo (magnifico Billy Bob Thornton), um assassino profissional, do pior (e melhor) que já vimos em filmes e séries. A partir daqui começa o banho de sangue... Entretanto um outro crime, que pode estar relacionado a Malvo é investigado por uma determinada agente da autoridade, Molly Solverson.


Este é apenas o ponto de partida de Fargo (a série), que ao longo de 10 episódios tem muitos altos e nenhum baixo, não ficando a dever nada ao grande filmaço dos Coen. 
E melhor elogio que este não lhe pode ser feito. Aliás, o espírito do filme está aqui presente em cada minuto, desde a fotografia, passando pela pronuncia da região, terminando na semelhança entre as principais personagens. Lester Nygaard/Jerry Lundgaard (ambos falhados sem escrúpulos) e Molly Solverson/Marge Gunderson (ambas policias determinadas em resolver os casos).
Brilhantemente escrita por Noah Hawley, com realizações à altura,  fotografia e montagem igualmente brilhantes, Fargo é o acontecimento televisivo do ano, superando True Detective que já tinha sido excelente.

 
Hotel Owner: Is it just for you, the room? 
Lorne Malvo: What difference does that make? 
Hotel Owner: It's a different rate for two. And if you got pets, dog, cat, it's an extra 10 bucks. 
Lorne Malvo: What if I got a fish?

colheita musical de 2014 - #15

Blood Red Shoes - Blood Red Shoes

7/10


sábado, 7 de Junho de 2014

Incendies, de Denis Villeneuve


Quando a mãe de Jeanne (Mélissa Désormeaux-Poulin) e Simon Marwan (Maxim Gaudette) morre, começam as surpresas para este casal de gémeos. No testamento recebem dois envelopes inesperados: um dirigido ao pai que eles julgavam morto, o outro a um irmão de quem nunca tinham ouvido falar. Perante a relutância do irmão em satisfazer a vontade da mão, Jeanne decide imediatamente partir para o Médio Oriente em busca do passado e da história da mãe (Lubna Azabal), uma mulher que sempre fora algo distante e secreta. Mais tarde Simon acaba por se lhe juntar nessa viagem a um país (nunca é referido mas baseia-se no Libano durante a guerra civil) dilacerado por lutas internas.
Este foi o filme que deu a mostrar ao mundo Denis Villeneuve, um dos realizadores mais promissores do momento. Uma viagem ao destino trágico de uma mulher, apanhada nas malhas de um conflito que infelizmente não tem fim, ao som dos Radiohead. Incendies deixa qualquer um atordoado com a dureza dos factos.

O filme esteve nomeado para o Oscar de melhor filme estrangeiro e venceu prémios em vários festivais de cinema.

NOTA: 8/10

terça-feira, 3 de Junho de 2014

colheita musical de 2014 - #13

St. Vincent - St. Vincent

8/10
4º album a solo de Annie Clark, a multi-instrumentista norte-americana que assina como St. Vincent.

quarta-feira, 21 de Maio de 2014

máquina do tempo - 1996

De todos os álbuns que me passaram pelos ouvidos de 1996 só 3 entram para o rol dos inesquecíveis. Além destes 3 há ali discos que continuo a ouvir mas sem a importância destes 3.



Murder Ballads - Nick Cave and the Bad Seeds
Odelay - Beck
Beautiful Freak - Eels
os outros:

Set the Twilight Reeling - Lou Reed
Myra Lee - Cat Power
Naughty Little Doggie - Iggy Pop
Milk and Kisses - Cocteau Twins
1977 - Ash
Wild Mood Swings - The Cure
Good God's Urge - Porno for Pyros
Tigermilk - Belle and Sebastian
Acrobatic Tenement - At the Drive-In
Becoming X - Sneaker Pimps
Bilingual - Pet Shop Boys
Coming Up - Suede
No Code - Pearl Jam
New Adventures in Hi-Fi - R.E.M.
In a Bar, Under the Sea - dEUS
K - Kula Shaker
Fashion Nugget - Cake
Dance Hall at Louse Point - PJ Harvey and John Parish
II - The Presidents of the United States of America
If You're Feeling Sinister - Belle and Sebastian
Razorblade Suitcase - Bush
The Smiths Is Dead - Various Artists -The Smiths tribute


segunda-feira, 19 de Maio de 2014

All is Lost, J.C. Chandor

Durante uma viagem solitária pelo Oceano um velho marinheiro repara que o barco está a meter água após ter colidido com um contentor à deriva. Com todos os meios de que dispõe a irem falhando a pouco e pouco, resta-lhe apanhar correntes oceânicas que o levem a uma rota maritima mais frequentada. Só que os dias vão passando e os perigos vão aumentando. 
 Quase sem diálogo, apenas a presença de Robert Redford é suficiente para dar alma ao filme, no papel deste marinheiro empurrado até aos limites. Tecnicamente impressionante, All is Lost é ainda uma experiência visualmente deslumbrante, com uma bela fotografia, tanto acima como debaixo de água que capta com competência os momentos mais difíceis da luta do nosso homem (a personagem é mesmo conhecida como "Our Man") contra as adversidades.

NOTA: 8/10

quarta-feira, 14 de Maio de 2014

colheita musical de 2014 - #12

Clan of Xymox - Matters of Mind, Body & Soul

7/10
Banda holandesa de rock gótico/industria, classificada por John Peel como darkwave, surgiram no inicio dos anos 80 e os seus dois primeiros discos para a 4AD tiveram grande sucesso entre os fãs do género. Bauhaus, Siouxsie & the Banshees ou The Cure dominavam a onda na altura mas os Clan of Xymox vieram trazer uma toque mais electro-industrial, podendo ser equiparados aos Sisters of Mercy, que foram formados mais cedo (1980). Lançaram este ano o seu 15º álbum.

quarta-feira, 7 de Maio de 2014

colheita musical de 2014 - #11

Wild Beasts - Present Tense

9/10
Ao 4º disco, esta banda inglesa que já tive o prazer de ver num SBSR apresenta-nos o seu melhor disco até ao momento. Se não é o melhor, é pelo menos o mais consistente. Que continuem assim.


segunda-feira, 28 de Abril de 2014

grande ecrã


Out of the Furnace, de Scott Cooper

Russel Baze (C. Bale) que vivia com Zoe Saldana tem um acidente de carro do qual é culpado e vai parar 5 anos à prisão. O seu irmão (Casey Affleck), ex combatente no Iraque anda metido em esquemas com biltres da pior espécie e  quando Russel sai da prisão e está a tentar refazer a vida, recebe a noticia de que o irmão desapareceu misteriosamente. Partir em busca da verdade ou esquecer como todos lhe pedem são os dilemas com que ele se tem de debater.
Filme produzido por Ridley Scott e Leonardo DiCaprio, que eram pra ter sido realizador e protagonista, no inicio do projecto. Este é o 2º filme de Scott Cooper e volta filmar homens à beira do abismo, depois de Crazy Heart, filme que valeu o Oscar a Jeff Bridges, como um cantor country que desiste da sua vida.

NOTA: 6/10



Night Train to Lisbon, de Bille August

Um professor suíço (Jeremy Irons) impede que uma misteriosa mulher salte de uma ponte e leva-a para uma das suas aulas só que ela desaparece deixando para trás um casaco vermelho e um livro com 40 anos, escrito em português. Intrigado ele decide ir a Portugal e embarca numa viagem aos tempos da ditadura e  às vidas daqueles que lutaram pela liberdade. 
O filme adapta a obra de Pascal Mercier

NOTA: 7/10

colheita musical de 2014 - #10

Fanfarlo - Let's Go Extinct

6/10