sexta-feira, 19 de Setembro de 2014

colheita musical de 2014 - #49

Lana del Rey - Ultraviolence

6/10
Continuo sem grande paciência para gajos e gajas que cantam em sofrimento, como se lhes estivessem a enfiar brasas para dentro das cuecas. De qualquer maneira este disco é menos ultraviolento para os meus ouvidos que o primeiro da rapariga.

colheita musical de 2014 - #48

Klaxons - Love Frequency

5/10

Os Klaxons prometeram tanto com Myths of the Near Future e afinal ficaram-se por aí.

colheita musical de 2014 - #47

Peter Murphy - Lion

8.5/10
Desde Love Hysteria (1988), Deep (1990) e Holy Smoke (1992) que Peter Murphy não tinha um álbum tão bom. E talvez seja o disco cujo som mais se aproxima do dos Bauhaus. Basta ouvir o 1º tema, Hang Up para se perceber isso.

terça-feira, 16 de Setembro de 2014

colheita musical de 2014 - #46

Andrew Bird - Things Are Really Great Here, Sort Of

4/10

O melhor do disco é a capa. De resto, não tenho paciência.

segunda-feira, 15 de Setembro de 2014

colheita musical de 2014 - #45

Kasabian - 48:13

7.8/10
Produzido pelo guitarrista da banda, Sergio Pizzorno, 48:13 (o tempo de duração do disco) mantém os ritmos dançáveis a que a banda nos habituou com temas que soam fantásticos ao vivo.

colheita musical de 2014 - #44

Jack White - Lazaretto

8.5/10
Segundo disco em nome próprio deste que é um dos mais influentes músicos da actualidade. Não muito longe da genialidade dos tempos dos White Stripes.

Fruitvale Station, de Ryan Coogler

Ryan Coogler conquistou o Festival de Sundance em 2013 com este filme independente que relata as ultimas 24 horas na vida de Oscar Grant III. Amigos, inimigos, família, desconhecidos cruzam-se com ele antes do fatídico acontecimento que levaria à sua morte. Realização competente e interpretações fortes.

NOTA: 7/10

colheita musical de 2014 - #43

James - Le Petit Mort

7.1/10
12º álbum dos James, já sem o fulgor de outros tempos, eles que foram uma das grandes bandas de finais dos anos 1980, inicio de 1990 com discos como Gold Mother, Seven ou Laid. Mesmo assim continuam a fazer boas canções e dar grandes concertos.

domingo, 14 de Setembro de 2014

colheita musical de 2014 - #42

Clap Your Hands Say Yeah - Only Run

8.2/10
Nova mudança na sonoridade desta banda, que começou por ser quinteto e que neste disco conta com uma dupla da formação inicial. Começaram pelos sons experimentais, tentaram registos mais dançáveis e aqui embarcam num som mais melancólicos e negros. Matt Berninger dos The National participa numa das canções.

colheita musical de 2014 - #41

Mão Morta - Pelo Meu Relógio São Horas De Matar

9/10
Mais um grande disco da minha banda portuguesa preferida. A sonoridade forte habitual a acompanhar letras escritas para abanar o sistema.

colheita musical de 2014 - #40

Hamilton Leithauser - Black Hours

9/10
Outro dos discos do ano, trazido pela voz e alma dos The Walkman. Produzido pelo próprio e por Rostam Batmanglij dos Vampire Weekend que também participa no disco como homem dos 7 instrumentos.

colheita musical de 2014 - #39

Coldplay - Ghost Stories

5.7/10

Não adiro ao grupo do "é fixe não gostar dos Coldplay". Já gostei. Já fizeram música com a qual me identificava. Actualmente não fazem e neste disco têm 1 ou 2 músicas que eu consigo ouvir do principio ao fim.

sábado, 13 de Setembro de 2014

colheita musical de 2014 - #38

The Black Keys - Turn Blue

7.8/10
O título do álbum diz tudo. Um disco muito mais soft o que não quer dizer que não tenha qualidade. Dan Auerbach (guitarra e voz) e Patrick Carney (bateria) são bons músicos e continuam a produzir bom som.

colheita musical de 2014 - #37

Sharon Van Etten - Are We There


9.5
Grande disco (mais um) desta cantautora nova-iorquina. Depois do magnifico Tramp podia-se achar que era impossível fazer melhor. Puro engano.

colheita musical de 2014 - #36

Echo & the Bunnymen - Meteorites

8/10
Autores de alguns dos mais belos discos da história da música (falo por mim e não pelos outros), os Echo agora restringidos a Ian McCulloch e Will Seargent há muito que perderam aquela alma dos anos 80 que levou a que ainda hoje hajam bandas que os copiam. De qualquer maneira não deixaram de produzir bom som e bons discos e este é talvez o melhor deles nos últimos 4/5 discos.

colheita musical de 2014 - #35

Damon Albarn - Everyday Robots

9.5/10
Primeiro álbum a solo (Dr. Dre era banda sonora de uma opera) do frontman dos Blur e dos Gorilaz. E parece que o homem tem o toque de Midas, tudo o que toca transforma em magia. É ouvir... e ouvir... e ouvir...

sexta-feira, 12 de Setembro de 2014

colheita musical de 2014 - #34

Eagulls - Eagulls

7/10


Disco de estreia desta banda de Leeds que situa a sua sonoridade entre o punk e o garage rock

colheita musical de 2014 - #33

The Antlers - Familiars

7.8/10
4º disco deste trio de Brooklyn, liderado pela voz espectral de Peter Silberman.

The Final Ride


Já começou a 7ª e ultima temporada de uma das melhores séries em exibição, Sons of Anarchy. Depois de umas temporadas algo mornas ao principio o autor, Kurt Sutter decidiu deixar de querer concorrer para prémios e mostrar o universo dos gangs (mais que um simples motorcycle club) como ele deve ser mostrado. E a série melhorou consideravelmente. Agora o tiro de partida está dado e ou muito me engano ou dali ninguém sai vivo. Talvez o Unser que tem 6 meses de vida desde a 1ª temporada. 

Let the bikes roll...

colheita musical de 2014 - #32

Eels - The Cautionary Tales of Mark Oliver Everett

8.5/10

Um belo disco de baladas onde Mr. E exorciza os seus demónios.

quinta-feira, 11 de Setembro de 2014

colheita musical de 2014 - #31

Kaiser Chiefs - Education, Education, Education & War

5/10
Outros que perderam a sua identidade, que ficou lá muito atrás no primeiro disco. Aqui começam por parecer os Inspiral Carpets, a seguir passam para os The Killers continuando com uma miscelânea de sonoridades que dão mais dor de cabeça que outra coisa qualquer. Continuam a dar bons concertos mas em disco são de fugir.

colheita musical de 2014 - #30

Real Estate - Atlas

6/10
Uns americanos que querem soar a um pop/rock britânico da segunda metade dos anos 1980, início dos anos 1990. Actualmente soa a chato.

sexta-feira, 5 de Setembro de 2014

quinta-feira, 4 de Setembro de 2014

colheita musical de 2014 - #27

Pixies - Indie Cindy

7/10
O primeiro longa duração dos Pixies depois da paragem de 1991 é também o primeiro trabalho sem a carismática voz e baixo de Kim Deal. E esse facto nota-se em cada nota que nos entra pelos tímpanos. Falta ali alma. Este disco também não é mais que uma colectânea dos EP's que eles foram lançado desde o ano passado. Quem conhece e gosta dos Pixies sabe que uma colectânea de lados B é bem melhor que isto. Ainda assim é o Black Francis, o Joey Santiago (andam por aqui grandes guitarradas) e o David Lovering.

colheita musical de 2014 - #26

Wolfmother - New Crown

6/10
Disco surpresa surgido no site oficial, isto porque toda a gente pensava que a banda tinha acabado. Novo fôlego mas o som é o mesmo e acrescenta pouco ao que de bom (primeiro álbum Andrew Stockdale (lider e único sobrevivente da formação inicial) e sua trupe já tinha feito.

quarta-feira, 3 de Setembro de 2014

colheita musical de 2014 - #25

The Horrors - Luminous

8/10
Quarto disco destes britânicos que têm feito uma carreira sempre em crescendo.

colheita musical de 2014 - #24

Reptile Youth - Rivers That Run For a Sea That is Gone

7/10
Segundo álbum desta dupla dinamarquesa, 2 anos após o disco homónimo que ditou a estreia.

segunda-feira, 28 de Julho de 2014

colheita musical de 2014 - #22

Carla Bozulich - Boy

8/10
Boy é o 3º disco em nome próprio de Carla Bozulich, cantautora norte-americana, também conhecida enquanto líder dos Evangelista, Geraldine Fibbers e Ethyl Meatplow.
Mistura de elementos de folk, noise, blues e rock experimental fazem deste um dos grandes discos de cantautor do ano, até ao momento.

sábado, 26 de Julho de 2014

colheita musical de 2014 - #21

The War on Drugs - Lost in the Dream

8/10
Quarteto formado em Filadélfia em 2005, por Adam Granduciel e Kurt Vile, que saiu após o álbum de estreia para seguir carreira a solo. Neste 3º album encontramos referencias de folk, musica country e blues espalhadas pelos 10 temas que compõem o disco.

quinta-feira, 24 de Julho de 2014

colheita musical de 2014 - #20

Liars - Mess
8/10

Duma coisa os Liars não podem ser acusados: ser repetitivos. Ao longo dos seu 7 álbuns têm alternado entre punk experimental, dance punk, noise-rock ou electrónica e têm aqui o deu disco mais dançável onde misturam todos aquele géneros pelos quais são "acusados".