quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

As minhas séries

Influenciado pelo Paulo Jacinto, que fez idêntico no seu blogue, lembrei-me de fazer um top das minhas séries preferidas. Após alguma meditação eis o TOP e uma lista, por ordem alfabética, de outras séries que também me agradaram bastante, as quais recomendo a quem não viu.

1. Six Feet Under
Six Feet Under é excelente e sem duvida nenhuma uma das melhores séries de sempre. 5 grandes temporadas sobre uma família disfuncional que mantém uma agência funerária. O criador é Alan Ball (o mesmo de True Blood) e tem um excelente naipe de actores/actrizes, entre eles Michael C. Hall (Dexter Morgan).



2. Dexter
He's the one. O analista de sangue da policia de Miami que de noite veste a pele de justiceiro e limpa o sebo àqueles que a justiça não consegue apanhar. Uma 1ª temporada brilhante. Uma 2ªum nível um pouco mais abaixo e a 3ª a descer mais uns degraus. E a 4ª, meus caros? Ui a 4ª temporada... A 5ª e 6ª temporadas tiveram os seus altos e baixos e estamos à espera da 7ª lá para Setembro.




3. The Wire e The Shield (ex-equo)
The Wire é uma excelente série policial passada em Baltimore, criada por David Simon e Ed Burns.
Ao contrário da maioria das séries policiais (CSI, por ex) em que temos um caso que é resolvido durante o decorrer de um episódio, em The Wire temos a investigação a ser feita durante uma temporada.
Centrada no combate ao tráfico de droga e homicídios e guerras de gangues com ele relacionados, a série mostra o ponto de vista dos criminosos e dos policias que os andam a perseguir.
Excelentes personagens, brilhantemente interpretadas com uso ao sotaque típico do submundo da cidade esta é sem duvida uma das melhores séries a que já assisti. McNulty, Bunk, Lester, Omar, Bubbles, Stringer... entre outras, são das melhores personagens que já apareceram em séries de TV.


The Shield deixou um vazio enorme quando acabei de ver. Cheguei tarde mas em boa hora. Que grande série. Nunca perdeu qualidade ao longo de 7 temporadas e aquela trupe é com certeza o melhor grupo de personagens alguma vez criadas. O bem e o mal andaram de mãos dadas ao longo de 89 episódios, ao ponto de deixarmos de saber o que quer "o bem" e o que era "o mal". Genial.


4. The Sopranos
Quem gosta de séries, como eu não poderia deixar de ver The Sopranos, uma das séries mais geniais de sempre.
Ao longo de 6 temporadas vamos acompanhando os dramas e os esquemas desta trupe de mafiosos que nos levam a um dos melhores finais de série alguma vez visto. Parabéns ao argumentista David Chase por isso e por nos ter dado personagens tão maravilhosas como Tony Soprano, Junior Soprano, Silvio Dante, Paulie Gaultieri, Christopher Moltisanti e também com uma forte presença feminina: Dra. Melfi, Carmela Soprano, Janice Soprano, Meadow Soprano, ou Livia Soprano... Para além dos actores residentes temos ao longo das 6 temporadas excelentes secundários (Steve Buscemi, por ex.) e actores convidados a fazer de si próprio (Lauren Bacall, por ex.).

5. Battlestar Galactica
Uma das séries mais marcantes que sendo de ficção cientifica, não deixa de levantar questões pertinentes com as quais temos de lidar no nosso dia a dia. As minhas reticencias em ver deviam-se ao facto de achar que pudesse ser parecida com a série original de 1978, e que não fosse acrescentar nada. Puro engano.

6. Lost
Uma das melhores séries de sempre. Foi a série do momento durante 6 temporadas e o mistério prolongou-se ao longo das mesmas. Terminou esta semana. Talvez os fãs esperassem outro final. Talvez fosse o mais lógico. Nestes casos acontece sempre isto, principalmente quando a fasquia foi muito elevada. É uma das minhas séries preferidas e aquele vazio de não haver mais Lost ocupará aqui um espacinho.


7. Breaking Bad
Mais uma excelente produção da AMC, criada por Vince Gilligan que também trabalhara em X-Files. Conta a história de Walter White, um professor de química a quem é diagnosticado cancro nos pulmões. Entra então para o mundo do crime fabricando metanfetaminas com a ajuda de um seu ex-aluno, Jesse Pinkman que é "agarrado" a essa droga. O objectivo de Walter é garantir a segurança financeira para a sua família. Excelentes interpretações, principalmente de Bryan Cranston e uma fotografia do melhor que já se viu em séries de TV.

8. Carnivàle
Apanhei esta série uma certa vez ao fazer zapping e parar na SIC Radical. Apesar de só ter visto um bocado aquele estranho mundo fascinou-me e como não gosto de pegar nas coisas a meio decidi que tinha de ver desde o inicio. E assim fiz. Quando sairam os DVD's das duas temporadas peguei logo nesta série e não me arrependi. Mais uma vez a luta entre o Bem e o Mal, aqui passado numa feira, cheia de personagens que podiam ter nascido no Entroncamento. Com o carimbo da HBO, Carnivàle conta ainda com uma forte componente erótica.


9. Twin Peaks
Quem matou Laura Palmer? Esta é a questão que fazemos a cada episódio desta série criada pelo génio David Lynch. Suspense qb numa pequena localidade cheia de personagens lynchianas. Kyle MacLachlan que trabalhou com Lynch em Dune e Blue Velvet é o agente do FBI que investiga o homicídio, também ele com alguns segredos.

10. Sons of Anarchy
Esta é a série a que estou ligado umbilicalmente pois faço parte de um blogue sobre a mesma. Um motorcycle clube e as suas actividades ilícitas (embora alguns membros queiram outro caminho para o clube) são o mote para esta série criada por Kurt Sutter, que também andou envolvido em The Shield.


11. Prison Break

Esta história do engenheiro que tatua o corpo e faz-se prender com o intuito de tirar o irmão da prisão teve uma primeira temporada genial. A segunda ainda se aguentou, mas as seguintes deixaram a ideia de que não havia necessidade daquilo. Ainda assim fica a recordação dessa 1ª temporada.


Extra: Conan, o Rapaz do Futuro
Decidi trazer uma série de animação para o meu Top porque esta foi a minha série de desenhos-animados preferida quando era teenager. O vicio era tal que já nos 30 decidi mandar vir os DVD's directamente de Hong Kong e mais tarde comprar a edição portuguesa que é a que a foto de baixo revela. Criada em 1978 pelo génio da animação japonesa, Hayao Miyazaki, Conan via um futuro, no ano de 2008. A Humanidade enfrentava a ameaça da extinção. As armas ultra-magnéticas, muito mais devastadoras que as armas nucleares, tinham destruído metade do planeta. A crosta da Terra tinha sofrido enormes movimentos, e o próprio eixo tinha sido desviado. Os cinco continentes tinham-se afundado no mar. No meio disto um rapaz de 10 anos, Conan tenta com a ajuda de alguns amigos sobreviver neste mundo e defender-se de vários perigos.


Outras séries de grande nível (por ordem alfabética): 24; Band of Brothers; Black Adder; Boardwalk Empire; CSI; Dollhouse; Firefly; Flash Forward; Fringe; Game of Thrones; Harper's Island; Heroes; Hill Street Blues; Homeland; Jericho; Justified; The Killing; Millenium; Monty Python Flying Cyrcus; The Pacific; The Riches; Rome; Rubicon; Shameless (US); Space: 1999; Surface; Taken; Traveler; True Blood; V; V (2009); The Walking Dead; Weeds; The X-Files


*a bold novas entradas
*em constante edição

12 comentários:

patxocas disse...

Que mi encanta a tua lista.
A minha já está feita e só estou a 'acabar' os comentários.

Eu adorei Twin Peaks. Mas, não é uma série que me tivesse marcado. Gostei, vi e já revi.
Uma que me marcou imenso quando era mais nova foi a Balada de Hill Street e Law&Order. Queria desvendar todos os mistérios. :)

Carnivàle tb descobri a fazer zapping. ;) E adorei.

A nível de desenhos animados marcou-me a Candy Candy. :)

Paulo disse...

João,
é curioso (mas não uma surpresa) o nosso Top 5 ser igual (embora não pela mesma ordem). Reflecte bem os nossos gostos parecidos.
E mais ainda: Carnivàle e Sons of Anarchy também surgiriam no meu Top 10.
Confesso que esqueci-me de Twin Peaks... já lá vão muitos anos e parece que só me recordo das coisas más (do final) da série.
Ainda não vi algumas das tuas e já vi que há duas das minhas que tu não mencionas: Coupling e The 4400.
Se não as viste, trata disso o quanto antes!!! ;)

João Bizarro disse...

Patxocas, falha grave essa do Hill Street Blues pois era uma série que não perdia um episódio.
Já está acrescentada. :)

Paulo, é porque de facto são excelentes séries.
The 4400 já ouvi falar e tinha alguma curiosidade. Coupling não conhecia até vocês falarem nisso.

syrin disse...

Six Feet Under!!! :D
A terceira temporada é mais fraca que as outras, mas na 4a a série recupera, e a quinta então é sublime! :D

Jorge Rodrigues disse...

Gosto da tua conjugação de cinema e outros temas aqui. Concordo com a maioria das séries que escolheste para o teu top.


http://dialpforpopcorn.blogspot.com - se quiserem visitem (até para dar opinião sobre o que acham do blog)

syrin disse...

Gosto de ver a evolução deste teu Top10. E concordo com a entrada de Six Feet Under para o lugar quase cimeiro! ;D

Gema disse...

Eu numa lista deste género teria de colocar "Friends", foi talvez uma das melhores séries que vi da actualidade.
Mas por me desapontar com os finais das séries e o prolongamento para encher chouriços e que acabavam por alterar de tal forma as séries que já não faziam sentido, deixie de ver séries :S Fiquei-me pelos anos 90 e muito raras as que conheço dos anos 2000... é triste eu sei, mas desisti :(

Bruno Cunha disse...

Ando a ver Six Feet Under e desse top as que queria mesmo ver são The Wire e Lost.

Abraço
Frank and Hall's Stuff

João Bizarro disse...

Syrin, agora ando a ver Sopranos e pelos vistos o TOP 10 não fica por aqui.

Gema, pelo menos é obrigatório ver Six Feet Under. E tem o final-mais-genial-de-sempre-de-uma-série.

Bruno, The Wire e Lost tb são excelentes.

patxocas disse...

devias ter o track-changes nisto. :)
Para vermos o antes e o depois, pelo menos de 6 em 6 meses.

Sopranos também é genial, não é?
Já viste The Killing? é uma das novas apostas da AMC.

André Sousa disse...

Simpsons sempre !

Sarah disse...

Devo dizer que tens um magnífico gosto! Dexter é a minha predilecta.

Sarah
http://depoisdocinema.blogspot.com