segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Filmes de eleição #8 - The Thin Red Line


Apesar deste ser um filme de guerra, sobre uma das mais sangrentas batalhas da II Guerra Mundial, é um filme que nos trás uma paz interior nada habitual neste género cinematográfico.
Terrence Malick adaptou a obra de James Jones e chamou um grande número de actores conhecidos para serem secundários (George Clooney, Sean Penn, Nick Nolte, Adrien Brody, James Caviezel, Woody Harralson...). O elemento principal aqui é a natureza e é incrível o contraste entre os sons da guerra e os sons da própria natureza.
Um filme 5 estrelas.


4 comentários:

Paulo Pereira disse...

Como dizes, o contraste está mt bem conseguido, entre a natureza no seu estado primário e, logo de seguida, a guerra, como elemento destruidor.

Pese isso, confesso que não gostei muito do filme. Nunca fui grande apreciador do Malick, do qual também só conheço o Badlands.

Hugo disse...

Grande parte do público não gosta do estilo de Malick, mas mesmo sendo um filme lento suas imagens são sensacionais, ele consegue mostrar a natureza com uma sensibilidade que parece que estamos sentindo o vento no rosto e em seguido nos jogar na brutalidade da guerra.
Malick é um diretor diferenciado e merece ser visto sempre.

Abraço

Izzi disse...

5? 10 estrelas! Eu simplesmente adoro este filme!
Malick para mim é um mágico...Mas lá está, os seus filmes (pelo menos aqueles que eu vi dele) têm um ritmo muito lento, daí que compreenda que nem toda a gente consiga gostar. O propósito dele não é chegar ao fim, mas sim apreciar cada momento da história, cada fotograma...E a música...A banda sonora deste filme tem estado no meu mp3 há meses...

João Bizarro disse...

É um realizador que só tem 4 filmes e entre o Days of Heaven e este passaram 20 anos. Mas quando ele aparece é para fazer algo em grande, se bem que o ritmo lento dos seus filmes possa não ser apreciado por todos, como é o caso do Paulo Pereira.