sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Filmes de eleição #3 - 25th Hour


New York, 2002, Monty Brogan (Edward Norton) vive as ultimas 24 horas de liberdade (no dia seguinte será preso por 7 anos devido a tráfico de droga). Nestas ultimas horas de liberdade ele vai procurar o Pai (Brian Cox) e combina com os amigos Jacob (Philip Seymour Hoffman) e Francis (Barry Pepper) uma despedida em grande, na companhia da namorada Naturelle (Rosario Dawson). Monty vai fazer uma reflecção sobre o seu passado recente, os erros que cometeu e tentar descobrir quem o denunciou à policia.
Spike Lee filma sublimemente uma cidade marcada pelo sindrome pós-11 de Setembro (talvez o 1º filme a mostrar aquela realidade bem recente), naquele que é possivelmente o seu melhor filme.

Edward Norton tem uma das melhores interpretações da sua carreira com um célebre monólogo em frente ao espelho a fazer lembrar outros monólogos brilhantes como o do meu comparça Travis Bickle.


4 comentários:

Roberto F. A. Simões disse...

CINEROAD
http://cineroad.blogspot.com/

Crítica: Um filme bem feito, bem realizado, montado e fotografado. Interpretações competentes.

Izzi disse...

Mais um também de minha eleição. Edward Norton é um dos meus actores favoritos e penso que tem aqui uma das suas melhores interpretações, como tu mesmo dizes. E sim, acho que este foi o primeiro filme a mostrar a Nova Iorque pós-11 de Setembro. Muito bem capturado.

Fui repetitiva...sorry ;)

Fifeco disse...

É sem qualquer dúvida um excelente filme de Spike Lee com uma interpretação notável de Edward Norton. quanto a mim, está ainda melhor em Fight Club. No entanto, também aqui revela o seu imenso talento.

Abraço

João Bizarro disse...

O Ed Norton é um grande actor. Não consigo encontrar um filme em que não tenha estado bem.

Logo no seu 1º filme fez uma interpretação assombrosa - Primal Fear! Depois há o American History X, o Fight Club e este, filmes em que está 5 estrelas.