terça-feira, 14 de outubro de 2008

Filmes de Eleição #2 - 21 Gramas

Segundo capitulo da colaboração do realizador Alejandro González Iñárritu com o argumentista Guillermo Arriaga.
Um acidente bizarro junta um matemático gravemente doente (Sean Penn), uma mãe em sofrimento (Naomi Watts) e um ex-presidiário (Benicio Del Toro) que encontrou na sua Fé Cristã a força necessária para criar uma família.

Brilhante segundo filme desta dupla, com uma visão peculiar sobre a morte num filme dramaticamente intenso. As 21 gramas do título referem-se ao peso que qualquer pessoa perde quando morre, o peso da alma!
O trio de actores principais tem uma actuação fenomenal. Destaque ainda para a grande banda sonora de Gustavo Santaolalla.

Muito bom.


6 comentários:

Izzi disse...

Estamos em sintonia!
Mais um do meus favoritos. Muito bom mesmo!

zorg disse...

Este é o meu favorito da trilogia. Gostei mais deste, do que do Amor Cão e do Babel.

Izzi disse...

O Amor Cão ainda não tive oportunidade de ver. Gostei bastante do Babel. Mas não sei se o prefiro em relação a este, mas acho que também caio mais para o lado do 21 gramas.

João Bizarro disse...

É difícil escolher um. Gostei muito dos 3. Talvez caia mais para o lado deste devido ao grande trabalho dos 3 actores principais.

Luís disse...

um grande filme sem duvida. aliás, todos os de inarritu o são.

zorg disse...

O Babel eu achei que era menos perfeito do que os outros dois. Apesar de não ser um mau filme, longe disso, tinha pormenores que não resultaram tão bem como seria de esperar.

Gostei mais deste que do amor cão, por este ser menos gratuito... mais subtil e sofisticado. O amor cão é menos trabalhado e mais "independente". Este menos óbvio... muito mais polido e multifacetado. E tem, como o João salientou, grandes actores, em grandes desempenhos!