sexta-feira, 11 de abril de 2008

Youth Without Youth, de Francis Ford Coppola


O mestre Francis Ford Coppola regressa 10 anos depois com uma surreal adaptação do conto Youth Without Youth, do romeno Mircea Eliade.
O filme acompanha um velho Dominic Matei (Tim Roth), nos últimos dias de uma vida dedicada ao trabalho. Trabalho esse que o fez perder o seu grande amor.
Ao viajar para Bucareste em busca de uma nova identidade é atingido por um raio que não o mata mas deixa-o num estado lavral. Com o passar dos dias Dominic e o médico que o acompanha constatam que aquele está a rejuvenescer sem qualquer tipo de explicação.
Dominic agarra-se então a esta nova oportunidade vivendo algumas peripécias com Nazis à mistura, até ao dia que se depara com uma reencarnação da sua amada Laura.
E novamente surge o dilema entre terminar a sua obra (estudo das linguas mortas) ou optar pelo amor de Verónica.

Coppola que sempre preferiu filmes pessoais off-Hollywood (Os Padrinhos e Apocalypse Now foram a excepção) tem aqui mais e nesta história de amor volta a marimbar-se para as grandes indústrias cinematográficas e faz aquilo que quer e sabe.

Muito bom.
NOTA:8/10

2 comentários:

Béu disse...

Desconhecia esse filme, mas irei reparar meu erro adicionando-o a lista dos filmes a ver!

Hugo disse...

Vou esperar ele chegar por aqui prá conferir.

Abraços.