quarta-feira, 2 de abril de 2008

Cria Corvos, de Carlos Saura

Aos 9 anos, Ana (Ana Torrent) vê os seus pais morrerem num curto espaço de tempo.
Ela acredita ter um estranho poder sobre a vida e a morte dos seus familiares. Por isso, carrega um misto de culpa e remorso que a acompanhará até à idade adulta.

O título do filme baseia-se num ditado que diz que quem cria corvos terá por eles os olhos arrancados.
Conhecido na época pelos seus filmes políticos, desta vez Saura não os aborda aprofundadamente, embora a família de Ana posa representar a Espanha de Franco, com todas as suas culpas.
Destaque ainda para a linda canção-tema do filme, "Por que te vas" e para Ana Torrent, no papel de Ana. Torrent que prossegue a carreira na idade adulta e pode ser vista em filmes como Tese de Alejandro Amenabar, no português Amor e Dedinhos de Pé, de Luis Filipe Rocha e mais recentemente em The Other Boylen Girl, ao lado de Natalie Portman, Scarlett Johanson e Eric Bana. O filme conta ainda com a companheira de Saura na altura, Geraldine Chaplin, filha de Charlie Chaplin e habitué nos filmes do realizador espanhol.

NOTA: 9/10

2 comentários:

THE NADER disse...

ao comentar isto consideras-me um intelectual? :P

João Bizarro disse...

Claro, aqui só opinam intelectuais!

;)